APCUP Krav Maga International Corporation 

 

Sede e Escritório da APCUP / Headquarters and Office of APCUP

 

Rua Padre Abel Varzim, Lote 3, Cave B, 1800 - 291, Parque das Nações, Lisboa - Portugal

 

Nif: 509665454

 

Criada a 06 /12 /2010


 

Entrega do certificado de instrutor de Krav Maga no Wingate Institute - The Nat Holman School for Coaches and Instructors reconhecido pelo Estado de Israel.

 

Único instrutor reconhecido em Portugal

www.wingatekravmaga.com   

 

Na foto com o Diretor do The Nat Holman School for Coaches and Instructors do Wingate Institute Dr. Guy Mor

 

KRAV MAGA RE - EVOLUTION

LEGENDA

 

Forma redonda da imagem:

Simboliza a defesa 360º, base do Krav Maga.

 

Escudo:

Esquartejado, em que o verde e vermelho representam as cores da bandeira nacional portuguesa, ilustre pátria da APCUP, e preto e branco simbolizando o bem e o mal, o eterno dilema com que se confrontam todos os homens em geral e os combatentes em particular.

 

Logo do Krav Maga com estrada convergente:

O círculo original, que é aberto, simboliza que o sistema permite que as técnicas antigas possam fluir para fora e que novas técnicas fluam para o seu interior. Se a técnica não funcionar, não for exequível na prática, ou não for perfeita o suficiente e precise ser alterada, ela é excluída dando lugar a uma nova que preencha estes requisitos. A inexistência de círculo neste símbolo representa toda a abertura de mente que queremos almejar.

A estrada que para si converge simboliza o longo e sinuoso caminho que o combatente e aprendiz da arte tem que percorrer, não devendo dele se afastar nem ceder a tentações de caminhos fáceis e honras não merecidas.

 

Menorah:

A Menorah (do hebraico מנורה - menorah - "lâmpada, candelabro"), é um candelabro de sete braços, sendo um dos principais e mais difundidos símbolos de Israel, terra mãe do Krav Maga.

A Menorah simboliza os arbustos em chamas que Moisés viu no Monte Sinai. A luz da “Menorah” simboliza a presença de Deus (no hebraico Shekinah) que iluminará o caminho que o combatente irá percorrer. “ E o número sete indica a perfeição do seu ofício de iluminador. (João 1: 9) “A luz verdadeira que ilumina a todos os homens, estava vindo ao mundo.”

 

Crânio humano:

O crânio humano relembra a nossa qualidade de mortais, que a nossa presença neste mundo é passageira e de carácter transitório. Mostra que todos somos iguais por dentro, não tendo cor, sexo ou classe social, e que depois da morte física todos somos iguais.

 

Banda com a inscrição “Vincit qui tapitut”:

Do latim “Querer é poder”, numa alusão a que tudo é possível e que o Homem é a medida de todas as coisas.